A hora dos “Bafana Bafana”

O guarda-redes da selecção sul-africana Reyaard Pieterse mostra-se confiante  e acredita que os “Bafana Bafana” terão uma boa prestação no jogo de hoje (domingo), diante da sua congénere de Madagáscar, em partida referente aos quartos-de-final, do Torneio da Taça COSAFA, que este ano decorre em Polokwane, África do Sul devendo terminar no dia 10 do mês corrente. A arena do New Peter Mokaba será o local onde este embate terá lugar, quando forem 15:00 horas locais.

Ainda no mesmo local, o Zimbabwe e Botswana medirão forças entre si, afim de encontra-se o semifinalista que sairá do jogo acima referenciado, uma vez que a Zâmbia e o Lesotho foram as primeiras a qualificarem-se, após vencerem a Namíbia e Suazilândia respectivamente por 4-3, no desepante de grandes penalidades e 1-0.

Pieterse que ajudou a sua equipa a conquistar o troféu  em 2016, após vencer a selecção do Botswana na final, deposita total confiança na jovem e promissora equipa liderada por Staurt Baxter. O jogador disse ainda que reina no seio da  equipa um espírito de união e solidariedade, dois factores que para si são importantes para se ter uma equipa forte.

“Estamos cientes que não será fácil enfrentar Madagáscar, considerando que o futebol é uma caixinha cheia de surpresas, e para tal precisamos de estar preparados e concentrados para poder ultrapassar este adversário.  Estou confiante no grupo de trabalho e acredito que chegaremos o mais longe possível, vaticinou Pieterse.

O kepper acrescentou que o jogo de hoje será emocionante, e que a equipa preparou-se a altura para o efeito “preparamos muito bem e a equipa técnica incutiu em nós tudo que precisamos para sair triunfantes. Estamos ansiosos preparados para a vitória, disse a nossa fonte.

Please follow and like us: