Angola passeia a classe, Zâmbia e Malawi imitam!

A Selecção Sub-20 de Futebol de Angola entrou com o pé direito no Campeonato da categoria do Conselho das Associações de Futebol da África Austral (COSAFA), ao impor uma goleada a sua congénere das Seychelles por claros 8-0, em desafio referente a primeira jornada do Grupo “C”. Euclides Dos Santos (6´), Benvindo Afonso (17´ e 45´+1), Ambrósini Salvador (20´), Santos Kiaku (38´), Tangu Gastão (82´), Camilo Mbule (83´)  foram os mentores da vitória ao apontarem os golos.

Este resultado coloca os treinados de José Silvestre (Pelé) técnico de Angola na liderança do grupo com três preciosos pontos, que até certo ponto irão conferir alguma tranquilidade para encarar o próximo jogo diante do seu irmão e “eterno rival”, Moçambique, agendado para a próxima sexta-feira, dia 7 de Dezembro.

As Seychelles que regressam a esta competição depois de alguns anos de ausência, encaram no próximo desafio a equipa do Eswatini, no Sunset Stadium, este sábado, pelas 12.45 horas.

Para o dia de amanhã  entram em cena os Grupo “B” e “C”. A África do Sul, campeã em título  medirá forças ante a sua congénere das Maurícias as 15.30 horas, no Sunset Stadium, enquanto que o Lesotho e Madagáscar batem-se, as 12.45 horas, no mesmo local. A concluir a primeira jornada do Grupo “C”, Moçambique e Eswatini

Segundo reza o formato da competição, as equipas estão dispostas em três grupos (ABC), em que transitam para as meias-finais apenas os primeiros melhores classificados de cada e o segundo melhor de todos.

“Palanquinhas” passam fácil no primeiro teste

Foi de resto um jogo fácil para os comandados de Pelé, tendo em conta que os insulares foram excessivamente permissivos ao criarem inúmeras brechas para o seu adversário  jogar a seu bel-prazer. Num intervalo de 20 minutos, os angolanos dominavam a partida tendo marcado quatro golos.  Um resultado que por si espelhava as diferenças antagónicas entre os dois adversários.

Com o apoio de cinco jogadores sub-17 recém-promovidos  que integraram a equipa, que disputou a fase final da 18ª edição do Campeonato do Mundo, no Brasil, este ano, José Silvestre passou com distinção no primeiro teste conquistando os três valiosos pontos.

Na edição passada os “Palanquinhas” ocuparam a terceira posição depois de suplantarem a Zâmbia, anfitriã   por 2-1, no Nkana Stadium. Os angolanos, que curiosamente fizeram parte da série  Grupo “C”, iniciaram com um empate sem golos frente ao Lesotho e, depois, novo empate a zero com o Botswana, no mesmo recinto de Lusaka.

Na terceira e última jornada do grupo, os Sub-20 derrotaram o Zimbabwe, por 4-1, com golos de Daniel (5’ e 46’); Jelson (42’) e Fernando (64’).

Malawi despacha Comores

A selecção das Comores foi recebida com uma derrota no seu regresso a COSAFA 12 anos depois. A selecção do Malawi não teve complacências impondo uma derrota por 4-0. Patrick Mwaungulu (27´,65´ e 90´) foi o herói do jogo ao apontar três golos na sua conta pessoal, sendo até o líder na lista dos melhores marcadores. Francisco Madinga (57´) também ajudou a sua equipa ao marcar o terceiro golo do triunfo.

Com este resultado, o Malawi partilha a liderança com a Zâmbia (3), o que pressupõe dizer que está relançada a luta para o acesso as meias-finais neste grupo (“A”). Tudo ficará esclarecido nos próximos confrontos, visto que ambas dependem de si para transitar a fase seguinte.

Anfitrião cumpre

 Quem também não quis deixar os seus créditos em mãos alheias foi a Zâmbia que levou de vencida a selecção do Botswana por expressivos 5-0, tendo inaugurado o marcador por Francisco Mwepu (5´), Jimmy Mukeya (64´), Ricky Banda (85´) e Crawford Mwaba, este último defesa a serviço do Maestro United  a passagem do minuto 33. Um golo acrobático à Cristiano Ronaldo que valeu ao jogador a distinção de “Homem do Jogo”.

Com 11 títulos na sua prateleira, a Zâmbia continua a liderar como o país com o maior  número de troféus conquistados. Depois de ter decepcionado na edição passada, desta vez os anfitriões

Como frisamos na edição  de ontem do nosso sítio a selecção da Zâmbia sagrou-se vencedora do Campeonato Africano das Nações da categoria sub-20 pela primeira vez na sua história depois de vencer o Senegal na final.

Please follow and like us: