Taça COSAFA-2018: Os dados estão lançados!

A 18ª edição da Taça COSAFA promete trazer muitas surpresas! Pela primeira vez na história desta competição, os 14 membros que compõem o bloco do Conselho das Associações de Futebol da África Austral (COSAFA) participarão no torneio regional a realizar-se na província de Limpopo, África do Sul, de 27 de Maio a 9 de Junho do ano em curso.

Segundo o sorteio realizado ontem (quarta-feira), na cidade acima referida, o detentor do título, Zimbabwe que encontra-se isento de participar na fase de grupos entrará em cena nos quartos-de-final jogado com o vencedor do Grupo B, que abriga Angola, Botswana, Maurícias e Malawi.

A África do Sul que também encontra-se na mesma condição defrontará o vencedor do Grupo A, que comporta as selecções de Moçambique, Madagáscar, Ilhas Comores e Seychelles. Enquanto a Zâmbia, Namíbia, Lesoto e Suazilândia medirão forças entre si na conclusão dos restantes jogos dos “quartos”.

“Estamos aqui para celebrar o memento de festa com todos os membros da COSAFA. Este é também a oportunidade única para as equipas exibirem-se aos olhos do mundo mostrando o que de melhor produzem no futebol. Os jogadores, treinadores e árbitros  terão a chance de aprimorar suas habilidades e ganhando deste modo a experiência que almejam ”, sublinha Timothy Shongwe,  representante do Comité Executivo do COSAFA.

Mais adiante Shongwe referiu que a Taça COSAFA tem uma rica história na promoção de talentos que tem despontando ano pós ano neste certame. “Gostaríamos de agradecer a todos que irão tornar este torneio possível, incluindo os nossos amáveis ​​anfitriões, a Associação Sul-Africana de Futebol e a bela Província de Limpopo.”, saudou Timothy Shongwe. 

COSAFA premeia os melhores de 2017

Paralelamente a cerimónia do sorteio, a COSAFA uniu o útil ao agradável procedendo a entrega dos prémios e, valores monetários referentes aos vencedores do Torneio Feminino da COSAFA realizado ano passado em Bulawayo, Zimbabwe. Na ocasião foi entregue um milhão de randes. Esta quantia para além de ter sido destinada também para o torneio sénior masculino foi igualmente contemplada a rede televisiva Kwesé TV.

Coube a capitã sul-africana, Refiloe Jan, receber um cheque de 500 mil randes, enquanto que,  Talent Mandaza do Zimbabwe, na qualidade de finalista vencido recebeu o valor de 250 mil randes. A Zâmbia que ocupou a terceira posição arrecadou o valor de 150,000.

A Quénia que participou na qualidade de convidada em representação da África Oriental, tendo ocupada a quarta posição contentou-se com o prémio de 100,000 randes.

“Estamos orgulhosos em poder elevar o prémio monetário  para o Campeonato Feminino da COSAFA ao mesmo nível que o da nossa competição sénior masculina. Isto só vem a mostrar

a seriedade com que assumimoso futebol feminino na região”, disse o presidente da COSAFA, Dr. Phillip Chiyangwa.

Phillip Chiyangwa concluiu referindo-se nos seguintes termos: “As nossas selecções fizeram progressos assinaláveisnos últimos anos, incluindo a África do Sul e o Zimbabwe, que representaram o continente africano nos Jogos Olímpicos do ano passado. Estamos certos de que este gestoo vai ajudar no desenvolvimento do futebol feminino na nossa região.”

Recorde-se que a África do Sul e a Zâmbia já conquistaram quatro títulos na competição da Taça COSAFA, enquanto Angola soma três e a Namíbia apenas um conquistado em 2015. 

O processo de acreditação para os medias para a TAÇA COSAFA 2018 já está aberto e os pedidos podem ser enviados através do site www.cosafa.comclicando no link “ACREDITAÇÃO” no menu principal da página inicial.

Related Post